Google+ Badge

quarta-feira, 17 de abril de 2013

DUETTO - SÃO CAETANO



•Empreendimento: Duetto
• Bairro Fundação
• Cidade: São Caetano do Sul
• 2 dormitórios com 1 suíte
• 64 e 70m2
Ficha Técnica
• 1 torre com 2 Blocos (Espaço Sinfonia e Espaço Melodia)
• Nº de andares: 15
• Nº total de unidades: 146
• Nº de apartamentos por andar: 4 no Espaço Melodia | 6 no Espaço Sinfonia
• Nº de vagas: 1 ou 2 vagas demarcadas
• Lazer completo
Na cobertura: Fitness, 2 churrasqueiras, Playground, Piscina, Bar, Solarium e
Sauna seca.
No mezanino: Salão de festas e gourmet, Brinquedoteca, Salão de jogos
adulto, Salão de jogos juvenil, Espaço mulher e Pet Place.
• Projeto de arquitetura: M&P Arquitetura
• Projeto de decoração: Elaine Benedetti
• Incorporação e Construção: Abraham & Gazoni

AGENDAR HORARIO COM  CONSULTORA BERYS   ligue  11 - 998387857

quinta-feira, 28 de março de 2013

Novo Lançamento

Consultora de Investimentos da Brasil Brokers: gostaria de CONVIDÁ-LOs a conhecer nosso novo empreendimento comercial Design Office Tower, que é uma excelente opção de investimento, em perfeita localização (Barra Funda próximo ao Fórum Criminalista/Trabalhista). Nosso empreendimento tem vários diferenciais que valem a pena serem vistos. Temos todas as condições para viabilizar seu novo investimento com rentabilidade, segurança e retornos garantidos. É um lançamento do Grupo Esser, um dos maiores grupos incorporadores do Brasil, com mais de 10.000 empreendimentos entregues, visando qualidade, segurança e acima de tudo pontualidade. Contate por mensagem.
Ligue para agendar visita via  (11) 998387857

terça-feira, 12 de março de 2013

Invista em HOTEL


BERYS OLIVEIRA

Consultora de Imóveis

Cel 55 (
11)998387857
berysconsultoradeimoveis@hotmail.com
http://http://www.facebook.com/Berysimoveis?ref=hl
http://www.berysimoveis.blogspot.com.br/
https://twitter.com/

SANTO ANDRE



SANTO ANDRÉ


Apartamentos de 1 ou 2 dorm com 1 suíte
54 m², 1 vaga de garagem,
lazer Completo (EQUIPADO E DECORADO)
terreno 3467 m²
2 torres
4 unidade por andar
50 metros de distancia entre as torres
janela na cozinha

Centro de Santo André
(Rua Artur de Queirós, 915)

sexta-feira, 8 de março de 2013

DESIGN OFFICE TOWER


Sobre Região

em plena Avenida Marquês de São Vicente a Esser chega trazendo conjuntos comerciais de 37 a 550m²

A Av. Marquês de São Vicente está localizada em um dos bairros mais tradicionais de São Paulo. Nele existe o Terminal Intermodal Barra Funda que reúne todas as modalidades do transporte coletivo (metrô, trem e ônibus) aqui você também encontra o Memorial da América Latina projetado por Oscar Niemeyer.



  • Estacionamento por empresa especializada
  • Fachada moderna em pele de vidro
  • Fibra ótica Vivo
  • Iluminação de emergência
  • Lobby com pé-direito duplo
  • Projeto de segurança empresa Haganá
  • Recepção separada para prestadores de serviço
  • Sete elevadores de última geração
  • Catracas biométricas
  • Fechadura Biométrica (nas entradas dos 
  • conjuntos) Guarita blindada




domingo, 3 de março de 2013

OUTRO SEGMENTO QUE VALE A PENA APOSTAR


Escritórios e logística

O mercado de escritórios também está em franco crescimento no Brasil, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro. "A expansão económica leva a que as pessoas e empresas precisam de mais e melhores espaços", comenta Miguel Palmeiro. Contudo, a falta de oferta leva a que os valores de renda sejam muito elevados. Aqui, a causa para estes valores está também relacionada coma geografia da cidade. "As possibilidade de expansão são menores e por isso há menos oferta", explica. É por isso importante avançar com novos projetos e, segundo Maria Cecilia Quirino, advogada na firma brasileira Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados, uma aprovação para um prédio em São Paulo pode durar um ano. Neste momento, conta, o único senão é que, se quiser construir um edifício em altura e fazer um heliporto, não vai poder operá-lo porque "como havia helicópteros a mais em São Paulo, deixaram de entregar licenças". Também por causa da melhoria da economia e das trocas comerciais surgem boas oportunidades no sector da logística. De acordo com Miguel Palmeiro, há muitas empresas a querer instalar fábricas no Brasil, nomeadamente a Suzuki, cuja primeira fábrica fira do Japão ja é no Brasil.

SEGMENTOS EM QUE VALE A PENA APOSTAR



Habitação
A economia brasileira tem evoluído graças ao crescimento da classe média e também porque, em 2004, facilitou-se o acesso ao crédito através da redução das taxas de juro e do aumento dos prazos dos empréstimos de 15 para 30 anos. Medidas que tornam mais fácil a compra de casa e que atraem investidores. Há complexos de 80 fracções que se vendem em 24 horas ou empreendimentos que vendem as casas todas num fim de semana. Contudo, isto não quer dizer que todos os projetos se vendam. "Também há projetos de 70 unidades que demoram dois anos a vender. É preciso construir o que o mercado procura", refere Nuno Constantino, consultor da Neoturis no Brasil. À facilidade de compra junta-se a necessidade de habitação do Brasil que, até 2020, se estima que seja de 20 milhões de casas. A isto junta-se o programa "Minha Casa Minha Vida", que prevê a construção de dois milhões de casas para famílias com rendimentos mais baixos. Existe uma preocupação com a bolha imobiliária, mas o presidente do Banif no Brasil, Júlio Rodrigues garante que não há motivo para alarme. "No Brasil não se financia mais do que 70 ou 80% do valor do imóvel e há uma procura real. A crise está na especulação", disse num seminário sobre a economia brasileira organizado pela Consultan.

8 REGRAS PARA INVESTIR NO BRASIL para quem esta no extrangeiro


8 REGRAS PARA INVESTIR NO BRASIL 

1. ANALISAR O MERCADO E A PROCURA
O primeiro passo é definir os mercados em que se pretende actuar e em que cidades. "Não adianta pegar nas soluções da Europa e dos EUA e aplicá-las ao Brasil. É preciso conhecer bem o mercado e o produto que tem de ser feito é aquele que o mercado procura", explica um dos consultores da Neoturis no Brasil, Nuno Constantino.

2. TRABALHAR COM UMA EMPRESA DE ADVOGADOS
Contratar um advogado deve ser a segunda prioridade. "O Brasil é um país burocrático e com uma burocracia pesada onde os processos podem demorar mais que em Portugal", comenta o advogado especialista em Direito Financeiro e Bancário e Mercado de Capitais da PLMJ, Duarte Schmit Lino. Além disso, acrescenta o advogado, é ainda preciso ter em conta que "o Brasil é um estado federal e que cada Estado tem as suas especificidades".

3. ESCOLHER UM PARCEIRO LOCAL PARA FACILITAR CRÉDITO
Entrar com um parceiro local é o melhor caminho, porque ele conhece a legislação e o mercado e, além disso, ajuda na obtenção de crédito. "O financiamento a estrangeiros não é muito fácil, por isso é melhor fazer parcerias com investidores brasileiros", alerta o presidente da CB Richard Ellis em Portugal, Pedro Seabra. Além disso, para o superintendente da Caixa Econômica Federal em São Paulo, Valter Nunes, trabalhar com uma empresa local é melhor, uma vez que já têm ‘rating'. "Não se trabalha com empresas que não tenham ‘rating'. Os bancos querem sempre saber quem são as pessoas, quais são as empresas e o que vão construir", disse no seminário internacional sobre o mercado imobiliário brasileiro, organizado pela Consultan este mês.

4. TER CAPITAIS PRÓPRIOS E INVESTIR EM REAIS
Exatamente porque o financiamento não é fácil para estrangeiros, Pedro Seabra aconselha a ter alguns capitais próprios e a conhecer bem as questões fiscais do país para depois não comprometer o repatriamento do dinheiro. É também preferível investir em reais - isto porque, segundo Duarte Schmidt Lino, apenas se pode retirar do Brasil, em moeda estrangeira, a mesma quantia que foi investida, sendo que o restante terá de ser em reais. Quer isto dizer que, se investir 50 milhões de euros e tiver lucros de 100 milhões de reais, pode retirar apenas 50 milhões de euros. O restante terá de ser em reais.

5. REGISTO NO BANCO CENTRAL E NA RECEITA FEDERAL
O investidor estrangeiro tem de realizar três registos obrigatórios. O primeiro é no Banco Central, que é o que permite a entrada de dinheiro no Brasil. Neste caso, o investidor tem de dizer quanto e onde vai aplicar o capital. Depois tem de se registar na Receita Federal para obter o número de contribuinte. Se for um investidor individual tem de solicitar o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e se for uma empresa tem de pedir o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Por fim, é necessário registar-se na Junta Comercial do Estado da empresa ou onde se vai investir.

6. ESCOLHER UM REPRESENTANTE FISCAL
Se não for residente no Brasil é preciso ter um representante fiscal para solicitar o CPF ou o CNPJ e o mesmo se passa se se tratar de uma empresa com maioria de capital estrangeiro. Um visto permanente só é concedido a quem quiser investir mais de 150 mil reais, mas não é obrigatório, avisa Duarte Schmidt Lino. Um investidor estrangeiro pode aplicar o seu dinheiro com um visto para turista (válido por 90 dias e renovável, uma única vez, por mais 90 dias).

7. EFETUAR REGISTOS CONFORME ATIVIDADE
Segundo João Honorato, advogado na firma brasileira Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados, além dos três registos obrigatórios é ainda preciso inscrever-se numa série de organismos ou entidades. Por exemplo, os engenheiros e arquitetos têm de se registar nas respectivas Ordens, as construtoras têm de se inscrever no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA) e as mediadoras e promotoras imobiliárias têm de se registar no CRECI, uma espécie de INCI do Brasil.

8. ATESTAR A LEGALIDADE DOS IMÓVEIS
Se for um investidor interessado em comprar activos imobiliários, tem primeiro de fazer uma auditoria legal aos imóveis para além daquilo que está registado nas Conservatórias. Só assim sabe se o proprietário não tem divídas ou penhoras que possam inviabilizar negócios.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

IMÓVEL NA PLANTA É BOA ALTERNATIVA DE INVESTIMENTO?

IMÓVEL NA PLANTA É BOA ALTERNATIVA DE INVESTIMENTO? 
"Um imóvel na planta tende a valorizar de 30% a 70%", afirma o CEO da Vitacon Incorporadora, Alexandre Lafer Frankel



SÃO PAULO – Comprar um imóvel na planta, com objetivo de ganhar com a valorização do bem, é visto por muitas pessoas como uma alternativa interessante. Mas será que adquirir um bem ainda no papel é mesmo a melhor opção para quem pretende entrar neste mercado?
Na opinião do CEO da Vitacon Incorporadora, Alexandre Lafer Frankel, os imóveis na planta podem, sim, ser uma boa alternativa. “Um imóvel na planta tende a valorizar de 30% a 70%”, afirma.
Entretanto, ele lembra que algumas características são fundamentais para que o bem traga o retorno financeiro esperado. “O empreendimento precisa estar bem localizado e ter projeto arquitetônico moderno e atualizado. Itens como vagas de estacionamento podem ajudar na valorização”, diz.
Uma das vantagens de comprar imóveis na planta, segundo ele, são as boas opções de financiamento. “Mas o investidor tem que analisar se tem fôlego para aguentar as parcelas”, alerta.
De acordo com Frankel, também é preciso que a incorporadora e a construtora entreguem o empreendimento com qualidade e no tempo prometido. “O investidor deve saber se a incorporadora e construtora são sólidas, com reputação de quem entrega o empreendimento no prazo e com bom acabamento, para garantir um bom negócio”, ressalta.
Apenas imóveis comerciais

Na opinião do coordenador do curso de Real Estate da Poli/USP (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo), João da Rocha Lima Júnior, a compra de imóveis residenciais - com objetivo de vender mais caro depois – não é um investimento em “real estate” (bens imóveis). “Este tipo de compra é especulação”, afirma.
Segundo ele, o investimento sólido em imóveis deve ser feito por meio da aquisição de imóveis comerciais, com objetivo de obter renda por meio do recebimento de aluguéis.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Bel/Augusta Boulevard



Contact/Contato: BERYS  00 55 11 9983 87 857




A combinação perfeita entre oportunidade e investimento

Localizado em uma das regiões mais valorizadas da cidade de São Paulo, o Belaugusta surge como uma oportunidade única 
no setor imobiliário. Na região em que o empreendimento se encontra, entre Avenida Paulista e Centro, existem apenas 3.311 salas
comerciais. Deste total, apenas 25 unidades estão disponíveis para locação.
A chance de investir e comprar um escritório no coração de São Paulo chega com o Belaugusta.

Taxa de vacância

Por conta da grande procura e do crescimento do número de empresas que disputam um espaço comercial na região,
a taxa de vacância é de 0,9%. Aproveite a oportunidade para investir no Belaugusta.

Your Dream Seu Sonho


Apartamentos, espcialmente na planta, Casas, escritorios e terrenos

Flats, especially brand new build off plan, Houses, offices and land.